Qual a instituição com a maior evasão?

A evasão no ensino superior é um dos principais desafios das IES privadas nessa última década. Com a educação superior EAD em expansão, a diminuição do crédito e da capacidade financeira dos estudantes, a evasão é uma realidade delicada a ser enfrentada.

De acordo com relatório gerado em nossa plataforma, no ano de 2018, houveram 37,72% de alunos evadidos na modalidade de ensino presencial, e 62,28% na modalidade de ensino EAD. Nos últimos cinco anos, o número de alunos evadidos cresceu 9,51% no presencial, e 108,59% no EAD.  Com isso, analisou-se que o número de alunos evadidos no EAD já representa quase metade do total de evadidos, 43,58%.

Taxa de evadidos no setor privado no ano de 2018. Acesse o relatório completo aqui.

Para combater os altos índices de evasão, é fundamental que as IES busquem criar novas e modernas alternativas para a permanência de seus alunos, elaborando estratégias precisas, através do acompanhamento de dados e coleta de experiências para a análise de resultados.

Com o Mercadoedu, é possível ter acesso aos principais números da evasão no ensino superior. Através dos nossos indicadores e perfis temáticos, a plataforma ajuda a identificar os cursos que têm, efetivamente, problemas de retenção, e auxilia as instituições a elaborar métodos efetivos de combate à evasão.

Quer entender melhor como funciona? Acesse nosso site, ou, agende uma demonstração!

Qual o Market Share?

Adobe Stock

Com o acirramento do mercado educacional, o entendimento dos movimentos do setor é ponto fundamental na concepção de um planejamento institucional eficaz.

Neste sentido, uma análise de Market Share, não significa apenas definir a fatia de mercado de uma instituição. É necessário entender a evolução em série histórica dessa participação, agregando ainda a distribuição de ingressos e evadidos. Essa composição analítica nos aponta com muita assertividade a tendência nessa divisão de mercado.

Nós da MercadoEdu, sabendo da importância desse indicador, criamos um conceito muito intuitivo e eficaz para trabalhar Market e Sale Share. Você pode desenhar o mercado desejado e identificar a participação de cada IES. Ou ainda, identificar a fatia de cada curso nesse mesmo mercado. Ainda nesse relatório, há a possibilidade de visualizar e evolução, o crescimento e a tendência, projetando instituições (ou cursos) em crescimento ou declínio. Veja exemplo na imagem abaixo:

Market e Sale Share nos anos de 2016 e 2017, nas IES da cidade de São Paulo/SP (1).
Market e Sale Share nos anos de 2016 e 2017, nas IES da cidade de São Paulo/SP (2).

Gostou? Quer saber mais sobre as possibilidades da plataforma do Mercadoedu? Então, não deixe de entrar em contato conosco, ou, se preferir, agende uma demonstração.

Quais as IES com a melhor captação?

O processo de captação envolve a análise da performance de cada curso, considerando as influências do mercado de trabalho, da economia, e da concorrência. Além do planejamento de marketing, o aperfeiçoamento da oferta e a distribuição dos esforços de acordo com o potencial de cada curso, são primordiais para um processo comercial eficaz.

Segundo dados gerados em nossa plataforma, no ano de 2017, registramos 2,6 milhões de alunos ingressos na graduação privada (presencial e EAD). Um crescimento superior a 7% em relação a 2016. Quanto às instituições atuantes, também em 2017, foram contadas 2.447 IES (veja os gráficos abaixo). Um valor que aumenta gradativamente se comparado aos números dos anos anteriores. Deste total, 8,1% correspondem a Universidades, enquanto 82,5% representam Faculdades, e 7,7%, Centros Universitários.

Número total de IES atuantes de 2009 a 2017
Organização acadêmica em 2017

Apesar do crescimento que esses números sugerem, não foram todos os players que observaram essa tendência, longe disso. A situação econômica dificulta muito a atuação das IES, que tem o ticket médio maior. O nível de competitividade na captação cresceu bastante, bem como o set competitivo, tornando necessário planejar as ações de captação de forma muito mais cuidadosa.

Com os relatórios do Mercadoedu, é possível ter acesso aos diversos indicadores do mercado da educação superior, de maneira fácil e rápida. Através deles, é possível combinar métricas e criar padrões de acordo com os seus cenários de interesse, visando as informações necessárias para a estruturação do seu processo de captação.

Se interessou? Acesse o nosso site e conheça mais, ou, se preferir, preencha o formulário e agende uma demonstração!

Quais as graduações mais procuradas?

Adobe Stock

Toda organização necessita de uma gestão qualificada para o alcance dos melhores resultados. Não é diferente nas IES, onde diariamente, diretores educacionais tentam ler o mercado e tomar decisões estratégicas que sejam eficazes.

Identificar qual, ou quais, os cursos com maior potencial, está entre as atividades que mais consomem tempo e energia, tamanha sua importância e impacto no sucesso de uma instituição. O trabalho envolve minerar dados, estabelecer parâmetros e analisar os resultados minuciosamente, a partir de diversas fontes e ferramentas. Neste sentido, qualquer oportunidade para dinamizar o processo, ganhando tempo para análise e ação, colabora diretamente com a assertividade na tomada de decisão. Nós sabemos disso e temos como premissa a facilidade no acesso a informação e a total liberdade de cruzamentos.

Share entre os cursos na cidade de São Paulo entre 2015 e 2017

No Mercadoedu, é possível entender de maneira rápida e qualificada a movimentação da demanda dentro de cada IES. Entender as curvas de crescimento dos inscritos, ingressos e matrículas, em combinação com outros indicadores, vai tornar os processos de abertura e encerramento de cursos menos traumáticos. Suas respostas vão surgir em apenas alguns segundos.

Quer saber mais sobre a nossa plataforma? Entre em contato conosco hoje mesmo e agende uma demonstração!

 

A evasão na graduação EAD caiu! Dá para comemorar?

Voltamos a falar do EAD tocando em um dos pontos de dor da modalidade: a alta taxa de evasão.

Leia o artigo completo:

Influência do emprego na procura pela graduação EAD

Análise dos dados públicos, estabelecendo relação entre oferta de emprego e demanda no EAD.

Leia o artigo completo:

SÉRIE: GRADUAÇÃO EAD

ANALISAMOS DIVERSOS PONTOS DO MERCADO

Desde a popularização do acesso à internet banda larga, temos acompanhado uma migração de serviços para o ambiente virtual. Foi assim com os bancos, com o comércio, com o mercado musical e não foi diferente com o setor educacional. Este, tem apresentado ano após ano, expressivo aumento do número de  alunos no EAD. A modalidade é impulsionada pela praticidade, preço competitivo e a conveniência de reduzir a frequência de deslocamento dos alunos até a universidade.

Esse crescimento é tão empolgante, 57,03% nos últimos 5 anos, que atraiu inclusive as IES mais tradicionais. Em um momento inicial, estas viam a modalidade como uma alternativa de baixo custo e qualidade formativa inferior, que se justificaria somente para personas incompatíveis com as suas. Neste momento, estes mesmos players entram no mercado entendendo o ensino a distância como uma oportunidade de redução de despesas operacionais, de ampliação do mix de produtos e de aumento de seu mercado potencial. Muitas dessas instituições, que possuem marcas regionais fortes, têm trabalhado a modalidade dentro de seu alcance de marca e com forte preocupação na qualidade do serviço entregue. Essa postura contribui para diversificar os perfis de potenciais alunos e ampliar o target do setor.

O avanço expressivo apurado nos últimos períodos traz também alguns questionamentos importantes: Qual o limite para o mercado de educação a distância? Até quando é possível termos crescimento dos matriculados e qual o tamanho real do mercado?

A partir do dia 14/01, semanalmente, publicaremos análises de diferentes pontos de vista sobre esse mercado. Traremos números, gráficos e considerações sobre o momento e as possibilidades na Graduação EAD. Acompanhe, no nosso blog e mídias sociais!

Novo Censo do Ensino Superior disponível!

Gostaríamos de informar que a divulgação do CENSUP 2017 pelo MEC, ocorreu no dia de ontem (20/09).

Mantendo nosso compromisso de disponibilizar as informações com o menor prazo possível, trabalhamos duro e em menos de 24 horas concluímos o processo. Sendo assim, os microdados de 2017, já estão disponíveis para consulta no Armazém de dados.

Boa análise!

Simulador do CPC

Sabemos o quanto a qualidade dos cursos é importante para o sucesso ou a derrocada de uma instituição de ensino, principalmente em um mercado tão concorrido. Uma das demandas mais frequentes é o simulador de CPC.

Conheça o CPC: http://portal.inep.gov.br/conceito-preliminar-de-curso-cpc-

Nosso intuito com esse simulador é proporcionar os nossos clientes uma maneira de poder medir o que é necessário para alcançar os objetivos relativos as dimensões mensuradas para a obtenção do CPC mediante ao MEC.

Entenda o cálculo: http://download.inep.gov.br/educacao_superior/enade/notas_tecnicas/2016/nota_tecnica_n38_2017_cgcqes_daes_calculo_cpc.pdf

Simulando CPC no mercadoedu

  1. No overview  em  e depois em 

  2. Nomeie a análise. Neste caso vamos criar alguns cenários para o curso de Administração na ULBRA;


  3. Adicione um cenário clicando em “+ cenário”;

  4. O mercadoedu irá carregar os dados e notas da última avaliação, para isso selecione uma área de curso:

    E uma IES*:
    * Você pode “Pular esta etapa”  caso queira iniciar uma simulação em branco.
    ** Caso a IES que você escolheu oferte o mesmo curso em vários lugares diferentes, você poderá escolher entre eles na próxima tela.


  5. Nomeie o cenário. Os cenários servem para que você possa criar várias opções de intervenções e possa compara-las objetivamente. Neste exemplo vamos criar um cenário onde iremos simular o CPC enquanto aumentamos o número de professores doutores. Um bom nome poderia ser “Investimento em docência: Aumentando a quantidade de doutores”:


  6. Note que o mercadoedu carregou automaticamente os dados e agora vamos alterar a quantidade de professores doutores de:
    De: 2
    Para: 6

  7. Agora perceba que essa alteração já é suficiente para aumentar nosso indicador do CPC de 3 para 4!
    CPC 3
    CPC 4!

Você pode alterar qualquer indicador insumo do CPC! Vá criando alternativas, conhecendo os possíveis cenários e saiba em quais pontos melhorar seus cursos.

Até mais!