Mercadoedu – notícias e números

ano 1 / nº4 – 07/03/2019

1 – Unesp suspende vestibular

A universidade afirma que a crise e a baixa oferta de vagas são justificativas. Saiba mais na notícia do Terra:

Veja Relatório fazer mercadoedu  com Evolução dos Dados Financeiros da UNESP.

 

2 – COTAS NA UFMG

Impostos negociantes autônomos:

Veja Relatório Do mercadoedu  com Evolução dos Dados de reserva de vaga POR estado.

 

3 – PROUNI

Inscrições para lista de espera estão abertas:

Veja Relatório fazer mercadoedu  com Evolução dos Alunos com PROUNI POR estado.

 

Mercadoedu – notícias e números

ano 1/nº3 – 04/02/2019

1 – Saiu o listão da Unesp

A lista pode ser divulgada na página do vestibular. Saiba mais na notícia do Estadão:

Veja relatório do mercadoedu, com evolução dos ingressos por curso da UNESP.

 

Veja relatório do mercadoedu, com evolução dos alunos com FIES.

 

Veja relatório do mercadoedu, com evolução dos ingressos na UFRGS.

Censo Escolar 2018 disponível!

Gostaríamos de informar que a divulgação do CENSO ESCOLAR 2018, ocorreu na quinta-feira (31/01).

Mantendo nosso compromisso de disponibilizar as informações com o menor prazo possível, concluímos a atualização no último sábado (02/02).

Boa análise!

Influência do emprego na procura pela graduação EAD

Análise dos dados públicos, estabelecendo relação entre oferta de emprego e demanda no EAD.

Leia o artigo completo:

Mercadoedu – notícias e números

ano 1/nº2 – 25/01/2019

1 – INSCRIÇÕES NO SISU PRORROGADAS

Dificuldades técnicas e lentidão no sistema provocam mudança da data de encerramento. Leia na folha:

Veja no mercadoedu a evolução no número de ingressos via enem.

 

2 – Divulgado listão da USP

FUVEST divulgou os aprovados na última quinta-feira. Confira no Estadão:

Confira evolução dos ingressos e vagas no mercadoedu.

 

3 – AGENDA DE VESTIBULARES DE TODO O PAÍS

Serviço do site Brasil Escola.

Acompanhe a evolução do número de inscritos no vestibular no mercadoedu.

SÉRIE: GRADUAÇÃO EAD

ANALISAMOS DIVERSOS PONTOS DO MERCADO

Desde a popularização do acesso à internet banda larga, temos acompanhado uma migração de serviços para o ambiente virtual. Foi assim com os bancos, com o comércio, com o mercado musical e não foi diferente com o setor educacional. Este, tem apresentado ano após ano, expressivo aumento do número de  alunos no EAD. A modalidade é impulsionada pela praticidade, preço competitivo e a conveniência de reduzir a frequência de deslocamento dos alunos até a universidade.

Esse crescimento é tão empolgante, 57,03% nos últimos 5 anos, que atraiu inclusive as IES mais tradicionais. Em um momento inicial, estas viam a modalidade como uma alternativa de baixo custo e qualidade formativa inferior, que se justificaria somente para personas incompatíveis com as suas. Neste momento, estes mesmos players entram no mercado entendendo o ensino a distância como uma oportunidade de redução de despesas operacionais, de ampliação do mix de produtos e de aumento de seu mercado potencial. Muitas dessas instituições, que possuem marcas regionais fortes, têm trabalhado a modalidade dentro de seu alcance de marca e com forte preocupação na qualidade do serviço entregue. Essa postura contribui para diversificar os perfis de potenciais alunos e ampliar o target do setor.

O avanço expressivo apurado nos últimos períodos traz também alguns questionamentos importantes: Qual o limite para o mercado de educação a distância? Até quando é possível termos crescimento dos matriculados e qual o tamanho real do mercado?

A partir do dia 14/01, semanalmente, publicaremos análises de diferentes pontos de vista sobre esse mercado. Traremos números, gráficos e considerações sobre o momento e as possibilidades na Graduação EAD. Acompanhe, no nosso blog e mídias sociais!

Mensalidades – trabalhando preços no MercadoEdu

Mensalidades é um módulo do MercadoEdu criado para a manipulação de dados de preços e valores de mensalidade.

Ele é alimentado pela PNPG (Pesquisa Nacional de Preços de Graduação) MercadoEdu, que contempla todos os cursos de graduação presenciais e EAD.

METODOLOGIA DA PESQUISA

  • Os cursos a serem pesquisados são definidos com base nos microdados do CENSUP mais recente;
  • A pesquisa é dividida em etapas, geralmente cada etapa corresponde a um estado;
  • Primeiramente coletamos os dados existentes nos Websites das IES;
  • Em uma segunda etapa são feitas ligações telefônicas, quando nossos pesquisadores se identificam como interessados e coletam as informações.

COLUNAS DISPONÍVEIS

  • Sigla da IES
  • Nome do curso
  • Modalidade
  • Grau
  • Cidade
  • Estado
  • Turno
  • Local
  • Preço
  • Preço com desconto
  • Data da apuração

 

ACESSANDO O MÓDULO $MENSALIDADES

Para os clientes contratantes apenas do módulo $Mensalidades, basta fazer login no www.mercadoedu.com.br. Para os clientes que possuem outros módulos além do pricing, já estando logados, basta selecionar  $Mensalidades no campo de seleção de módulos, logo acima do menu principal.

 

REALIZANDO UMA CONSULTA

Acesse “relatórios” no menu do software. Você irá para o formulário avançado do módulo onde poderá parametrizar sua consulta.

 

PREÇO MÉDIO X PREÇO ABSOLUTO

No MercadoEdu, você pode consultar os valores absolutos das mensalidades de cada curso, em cada local de oferta, ou gerar médias de preços, tudo através do relatório avançado.

Preço absoluto: independente das restrições feitas (cidade, estado, modalidade do curso, etc) o preço absoluto é sempre obtido com a seleção de todas as colunas no relatório. É o maior nível de detalhamento possível.


 

Preços médios: sempre é obtido com a não seleção de uma ou mais colunas no relatório, de acordo com a necessidade da média.
Ex. 1:  Para obter preço médio, independente de modalidade e turno – nesse caso não selecione as colunas modalidade e turno e você terá o valor da mensalidade média, sem levar em conta esses parâmetros.

Ex. 2:  Para preço médio, independente de modalidade, turno, local de oferta e IES – não selecione as colunas modalidade, turno, local de oferta, sigla da IES e nome da IES e você terá o valor da mensalidade média, sem levar em conta esses parâmetros.

Ex. 3:  Para preço médio por IES, selecione apenas nome ou sigla da IES.


EXPORTANDO PARA O EXCEL

Utilize o botão exportar na tela de relatórios. Sobre como abrir o arquivo no excel, leia o post: http://blog.mercadoedu.com.br/2017/02/08/csv-no-excel/

Criação de relatórios no formulário avançado

Para criar um novo relatório, basta clicar no ícone “Relatórios” no menu à esquerda da ferramenta. Você será direcionado ao formulário avançado do ensino superior.
Caso queira explorar outro nível de ensino, 
basta selecionar a aba respectiva acima do formulário.

Nome – Dê um nome ao seu relatório. Procure utilizar nomes que indiquem o conteúdo da consulta.

Ex.: Evolução dos matriculados no curso de Administração no RS de 2014 a 2016.

Série Histórica – É o espaço de tempo que você quer avaliar em seu relatório. No formulário são exibidos os anos dos dados presentes na sua base, basta selecioná-los.

Ex.: Para avaliarmos a evolução no período de 2014 a 2016, selecionamos os anos 2014, 2015 e 2016.

Métricas – É o resultado numérico esperado para a consulta. As métricas (primárias) são referentes aos dados de educação do INEP.

Ex.: “Total de alunos matriculados”.

Você pode utilizar o botão “+ métrica por categoria” ao lado direito do campo para inserir no relatório todas as métricas relacionadas à algum tópico específico (todas as métricas de ingressos, todas as métricas de faixas etárias, etc.).

Métricas secundárias (opcional) – As métricas secundárias são referentes aos dados demográficos do IBGE. Elas podem ser utilizadas em conjunto com as métricas primárias ou isoladamente.

Ex.: “População total”.

Equações (opcional) Você pode criar um novo indicador a partir das métricas selecionadas no relatório. Para entender melhor como funcionam as equações, clique aqui.

Dimensões – Nesse campo é definida a forma com que os dados serão apresentados. Você pode selecionar quantas dimensões forem necessárias em seu relatório.

Ex.: “Nome da cidade”, “Sigla da IES”, “Nome do curso”.

Restrições – É onde você informa condições para limitar sua consulta de acordo com os seus interesses e com a informação desejada.

Ex.: “Nome do curso” é “Administração”; “Nome do estado” é “Rio Grande do Sul”; “Situação do aluno na IES” é “Matricula Trancada”.

Visualização e Organização do Relatório

É possível definir a forma como os dados serão representados no gráfico ainda na tela de edição do relatório. Você pode selecionar o tipo de gráfico e quais das métricas selecionadas serão representadas inicialmente.

Nas opções de organização, você pode selecionar uma categoria para o seu relatório (caso queira armazená-lo em uma das suas categorias). Há também outras duas opções de salvamento: “Mostrar no menu”, que lhe dá a opção de deixar o seu relatório disponível no link de menu “Acesso rápido”; e “Compartilhar com a rede”, que irá permitir que seu relatório salvo possa ser acessado também pelos demais usuários da sua conta.

Finalizando e Gerando o Relatório

Após o preenchimento dos campos, você poderá gerar o relatório. É possível selecionar uma das seguintes opções: “Visualizar relatório” (que não salva o relatório), “Salvar e visualizar relatório” (que armazena o relatório de acordo com as opções descritas no item anterior) e “Download do relatório” (que efetua o download dos dados em arquivo ‘.csv’, sem precisar gerar o relatório em tela).

 

 

Fórmulas

Com as fórmulas você pode criar agrupamentos de restrições. É uma forma de personalizar o sistema e agilizar o seu trabalho. Ao invés de colocar uma série de restrições em cada relatório, você cria fórmulas agrupando as restrições que você mais usa como, por exemplo, cidades na área de abrangência, cursos da área de gestão, concorrentes…

Criando uma fórmula

Para criar uma fórmula, clique no botão “+” no canto superior esquerdo da ferramenta e selecione o tipo de ensino dos dados que serão utilizados.


Dê um nome para a fórmula e insira as restrições necessárias.

Exemplo: fórmula “Região de interesse”, que restringe os resultados para apenas algumas cidades no estado de SP.

Utilizando as suas fórmulas

As fórmulas criadas podem ser utilizadas nos relatórios avançados e nos indicadores predefinidos do mercadoedu, agilizando a criação do relatório ao carregar as informações de todas as restrições presentes na fórmula.

Nos relatórios avançados, basta pesquisar o nome da fórmula nas restrições:

Nos indicadores predefinidos, utilize o campo “Usar fórmula” e selecione a fórmula criada em seu usuário para preencher automaticamente os campos do relatório de acordo com as restrições presentes:

Criação de Categorias

As categorias no MercadoEdu são uma forma de organizar seus relatórios já criados. Na prática, funcionam como pastas e estão sempre disponíveis para seleção no momento da geração do seu relatório avançado.

Para criar uma nova categoria, basta ir até a página overview, clicar no botão “+ Adicionar”, depois em “categoria” e dar um nome a mesma.