Relatórios #06: Ingressos via Enem nos últimos 10 anos

O Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, foi instituído em 1998, e tinha o objetivo de avaliar o desempenho dos estudantes ao fim do ensino médio. Com erros e acertos o exame se modificou e amadureceu ao longo dos tempos, tornando-se um dos principais métodos de entrada dos jovens no ensino superior.

Atualmente, as notas obtidas no Enem são aceitas em grande parte das universidades, centros e institutos federais de educação, por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Ela também é critério para participação em programas como o Universidade para Todos (ProUni) e de Financiamento Estudantil (Fies), que fornecem bolsas de estudo e financiamento sem juros ou com juros baixos em IES privadas. Além disso, os resultados obtidos através das provas ainda possibilitam o desenvolvimento de estudos e indicadores educacionais de qualidade.

Para verificar a evolução e os números dos ingressos via Enem, elaboramos um relatório com os dados da série história dos últimos 10 anos. Clique AQUI para visualizá-lo na íntegra.

Como é possível observar, houve uma evolução contínua do número de ingressos nos últimos dez anos, sendo o crescimento mais expressivo nas instituições públicas federais, de 53.716 inscritos em 2009, para 1.019.953 inscritos em 2019.

Nas IES particulares, os últimos dois anos foram os mais significativos, com 1.051.910 inscritos em 2018, e 1.222.070 inscritos em 2019, ultrapassando até mesmo os inscritos nas IES públicas.

Quando analisados de maneira isolada, os números do mercado tendem a não ter uma relevância tão significativa, porém, quando vistos em conjunto com outros dados, podem trazer inúmeros insights para o futuro da sua instituição.

Leia também:


☑ Esse artigo faz parte da série Relatórios que traz exemplos práticos de análises em nossa plataforma. Veja outras publicações semelhantes clicando aqui.

Leave a Reply